Um novo Sr. Cacho

Estou sentindo o mesmo frio na barriga de antes, porem agora não é por ele, pois é, é estranho sentir isso por outra pessoa depois de dez anos enfiada nessa caixa de vidro sem poder sair. Não me permito apaixonar por outra pessoa, não agora, está tudo muito cedo e anda acontecendo muita coisa durante essa transição, meus sentimentos que eram confusos estão ficando mais confusos ainda.

Mas mesmo tentando me distrair, essa nova pessoa, que não é tão nova assim, está mastigando o meu estomago se recusando a sair, eu sei que sou mais forte e vou conseguir, por que tinha que ser agora? Não dava para esperar só um pouquinho, não estou reclamando claro, no entanto a única coisa que eu queria sentir agora era um nada. Que tudo sumisse e do meu corpo, nada de amor, paixão ou sentimentos.

Sem sentimentos, por favor.

Quero me sentir livre da dependência que é a carência, nada de rumores que está vindo um alguém. Depois de um sussurro no ouvido – “posso te roubar pra mim? Eu cuido de você – meu corpo não sabe mais a diferença de real e imaginário. Mesmo essas palavras me fazendo lembrar-se de outra pessoa. Que ainda continua preso nos meus sonhos, às vezes acho que é melhor viver assim, sabendo que esse amor acabou mais ainda não acabou, porque pelo menos meu corpo sofre menos.

27-03-2015
21h06min
sexta-feira

P.S. Meu coração parou depois que vi esse texto.

Eu não preciso de outra pessoa, eu preciso de você

 

Eu não preciso provar que não estou sozinha, que tenho um relacionamento estável, que meu trabalho está indo bem e que o café da manhã já está pronto na mesa

Eu não preciso provar que estou feliz sorrindo, nem que esqueci de pentear o cabelo, e que perdi peso

Eu não preciso te ver para te ter, nem que diga que tudo bem ficar com outro alguém

Eu não preciso que diga que me ama, para saber eu saber que me ama, nem preciso te ver a cada segundo ou te ligar por alguns minutos

Eu não preciso me explicar, nem dizer que entendeu o que eu disse errado, e o ‘a’ estava acentuado fora do lugar

Eu não preciso morar com você para saber que estaremos sempre juntos, ou te pedir para chegar para lá e me abraçar

Eu não preciso brigar para não ir, porque sei que vai ficar

Eu não preciso dizer que te amo pra te amar

Nós não conversamos mais como costumávamos fazer


Para que foi tudo isso? Acabei de ouvir que você encontrou quem você estava procurando, quem dera eu soubesse que esse não era eu, porque mesmo depois de todo esse tempo eu ainda me pergunto por que não posso seguir em frente do jeito que você fez tão facilmente.

 Não quero saber que tipo de vestido que você está vestindo esta noite, se ele está segurando você tão apertado da maneira que eu fiz antes. Eu tive uma overdose, deveria saber que seu amor era um jogo agora eu não consigo tirar você do meu cérebro.

É uma pena que nós não rimos mais, eu só espero que você esteja deitada ao lado de alguém que sabe amar você como eu, deve haver uma boa razão para que você tenha ido, e de vez em quando penso que você poderia querer que eu apareça na sua porta, mas eu estou com muito medo de que eu esteja errado.

😢

O que aconteceria em Veneza?

 

Carta nº1 

Sabe o que mais doe? Saber que eu o fiz partir, por que nenhum dos dois teria coragem de afastar um do outro. Eu te amo, eu realmente amo você com toda a minha alma, mas não podemos ficar juntos, você sabe disso, ou apenas não somos corajosos o suficiente. E doe, doe muito… Todo esse amor não poder ser demostrado, a hora que quero, quando quero, não poder sair e pegar na sua mão, abraça-lo forte e dizer que sinto muito.

Estou sufocando sem você, todas as vezes que eu me afastava parecia que o meu mundo caia, e quando nós voltávamos a se falar eu só pensava o quanto aquilo poderia piorar, se agora está tão difícil de ficar longe imagina depois, por mais que eu o queira preciso te deixar ir, fazer-lo pensar que não me importo mais. É esgotante… não poder responder o seu “Eu te amo pra caralho” (você não imagina como essas palavras acabaram comigo, e ficam se repetindo na minha cabeça). 

Só queria poder deitar no seu peito e sentir seu coração acelerado, acaricia-lo e ouvi-lo silenciando aos poucos. Sinto tanto sua falta, e sinto muito por faze-lo pensar que não o incluo nos meus planos, mas você está em todos eles, desde o inicio. Até na escolha da minha Universidade, para poder ir ao nosso apartamento… Imagino todos os dias você entrar pela porta e sentar no sofá ao meu lado, com um beijo de “Finalmente estou aqui”, Luce no nosso colo com o seu carinho, viajaríamos para Irlanda, tomar cervejas e não ter hora pra dormir, mais ninguém por perto. Só eu e você em paz.


Raios de Sol

​Novos pequenos raios de sol florescendo ao amanhecer

Novos, pequenos e nervosos com o que irá acontecer

O mundo está forá do seu controle, mas mesmo sabendo disso tenta-o controlar

Programa-se por horas até a Lua adormecer, pede silencio para as nuvens e as árvores que ajude menos ventania, espera-se um amanhecer sonolento e calmo, mas são só planos e eles sabem disso

Novos, pequenos e nervosos com o que irá acontecer

E se chover? E se as nuvens apagarem o seu calor? E se…

Então eles temem, e adormercem. Adormercem para sentir menos medo, menos receio e esquecem completente de aparecer no Dia

As nuvens escurecem o céu, a menina abre a janela e seus olhos azuis agora estão cinzas e gelido 

A brisa do mar arrepia a nuca e os raios de sol se escondem no frio

Olham de longe o que perderam, perderam sorrisos, lagrimas, respiração ofegante e frescor

Perderam por medo, por não ter coragem e fraquejar

E até um novo amanhecer, nada irá acontecer

Lírios

Vejo-te ao doce som da literatura, do desejo e da paixão. Enrolo-me em tuas mãos e sinto o perfume em seu pescoço. Tão misterioso quanto tua alma e tão singelo quanto teus olhos, põem minhas mãos sobre tua cintura que por vez amacia os meus dedos, espalha tua pele como pétalas de rosas vermelhas, afoga-me como rosa, leva-me contigo entre as folhas secas do teu lar, toca-me como piano ao soar.

Fora desse universo

 

img_20161003_233445_751

Quanto mais ela pensa, menos tem respostas, ja faz um ano que ela saiu do colegial e tudo estava estreitamente planejado, até agora. Tudo o que sente hoje é um vazio, está completamente deslocada, fora desse mundo, parece que posicionaram-a bem no meio da linha do tempo, mal consegue respirar. Seus sentimentos estão tão confusos que as vezes não sabe o que sente, nem sabe o que fazer. Tão só, fora de si e doe tanto. É tão ruim se culpar por tudo o que faz, por não conseguir levantar nem reagir, um mundo conpletamente estranho, sinceramente não sabe o que fazer. Só queria um anjo, pra ela deitar no seu colo e chorar, escutar algum conselho, algum sinal. Não sei mais como ajuda-la, nem ela sabe mais como veio parar aqui.


– Eu odeio sonhar, meus sonhos são meus piores pesadelos. – ela repetia o tempo todo para ver se o universo a escuta e apaga seus sonhos, ou simplismente faz esquecer.

Por um tris

tumblr_nsigtyz2yy1s2mokto1_500

Com um tempo, passei a saber lidar com a tristeza, com a decepção que me trouxe, precisei caminhar em uma estrada escura e vazia, repensando na minha mente o que tinha acontecido varias vezes até cansar, queria dizer que desapareceu, mas não… ainda continua vivo, a unica coisa que aprendi foi a ignorar.
Eu achei que era real, eu realmente achei…
Achei que tinha te encontrado de outras vidas, que depois de séculos lutando pelo nosso amor finalmente o universo tinha te colocado mais perto de mim.
Faltava tão pouco… Talvez faltasse umas discussões, desacordos, nós eramos bons em não brigar, fazia tanto sentindo que não precisávamos abrir a boca para falar
Estávamos conectados, se não por que eu estaria tão perto?
Por que nossos laços estarem ligados em uma só linhagem?
É tão confuso, você ainda não conseguiu me destruir, mas parece que está tentando fazer isso a cada dia.


Eu posso sentir ele vindo, o sentimento forte, de dor, mas eu me recuso, engulo, até passar. A hora que o universo cortar nossa ligação de vez eu posso ficar em paz.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑